Ir para: navegação, pesquisa

Motorola MC 45

Chamado Data de Homologação Versão Sistemas instalados Aparelho Elegível
24531 30/04/2013 1.0 Landix Flex (04.05.00) / SFCoke(01.15.02) Sim


Introdução

O processo de elegibilidade consiste em uma bateria de testes que permite verificar se o aparelho em questão está preparado para ser utilizado em conjunto com o sistema de vendas Landix. A seguir,são apresentadas as características principais do Motorola MC65e uma descrição dos testes realizados durante o processo. No final, é apresentada uma conclusão sobre acompatibilidade do aparelho com o sistema de vendas Landix.

Img-Motorola-MC-45.png

Especificações

Nome do Aparelho Motorola MC45
Número do modelo Motorola MC4505.02.29102
Versão do Sistema Operacional Windows Embedded Handheld 6.5 Professional
Tipo de equipamento Robusto
Processador Processador de 600 MHz, ARM 11, MSM 7627
Memória RAM 256 MB
Memória ROM/Flash 1 GB Flash
Memória expansível até 32GB
Tamanho 14.2 cm L x 6.6 cm W X 2.5 cm D
Peso 247,4g
Tamanho do display Tela wide 3,2”
Bateria Principal Lítio 3,7 V, 3080mAh
Sensores Acelerômetro 3 eixos/2g
Versão do Bluetooth 2.0
Versão USB 2.0
GPS GPS/A-GPS com gpsOneXTRA


Câmera Traseira Câmeracolorida de 3.2Mpx


Fontes: * http://www.motorola.com/web/Business/Products/Mobile%20Computers/Handheld%20Computers/MC45/_documents/_staticfiles/MC45_Specifications.pdf


Testes Realizados

1 Instalação do sistema de vendas

A instalação dos sistemas Landix Flex WHH 2006/ SFCoke foram realizadas com sucesso. Tanto para instalação do Landix Flex e SFCoke foram realizados o seguinte procedimento:

  • Conexão do equipamento ao computador através do cabo USB.
  • Utilizando o sincronizador Active Sync o computador reconheceu o device(aparelho).
  • Instalação do executável.

O processo de instalação foi concluído com sucesso tanto para o Landix Flex quanto para o SFCoke.



2 Download do arquivo de carga com o sistema via wifi e GPRS

CARGA COMPLETA:

Uma vez configurada a conexão com a rede através do wi-fi ou GPRS, cadastrei a rota de um vendedor e busquei o arquivo de carga normalmente. Depois fiz o mesmo teste utilizando o acelerômetro ligado, e novamente a carga foi buscada corretamente. Uma ressalva a ser feita é que aconselhamos o uso do sistema de vendas com o acelerômetro desligado.

Os resultados descritos acima foram realizados utilizando a conexão via wi-fi.

CARGA PARCIAL:

Selecionei algumas tabelas no Middleware que havia alterado informações e fiz a busca da carga parcial com sucesso.


3 Realização de pedidos

Depois de buscar o arquivo de carga foram realizados alguns pedidos de venda, motivos de não venda.Todos os pedidos foram realizados com sucesso.

Os testes descritos foram realizados tanto para o Landix Flex como para o SFCoke.


4 Consulta das informações dos clientes

Foram feitas algumas consultas nos relatórios de cadastro do cliente. As informações foram visualizadas com sucesso.

Os testes descritos foram realizados tanto para o Landix Flex como para o SFCoke.


5 Realização de cadastros de clientes

Foi realizado o cadastro de alguns clientes para testar o módulo. O cadastro foi realizado com sucesso.

Os testes descritos foram realizados tanto para o Landix Flex como para o SFCoke.

6 Geração de relatórios

Geração e visualização de relatórios diversos como visualização como detalhes do produto, resumo do pedido, visualização de retornos, etc.

Os testes descritos foram realizados tanto para o Landix Flex como para o SFCoke.


7 Geração e envio do arquivo de descarga

Depois de realizar alguns pedidos, foi realizado o envio do arquivo de descarga utilizando tanto o modo de conexão wi-fi, como gprs. Os dois modos foram realizados com sucesso.

Os testes descritos foram realizados tanto para o Landix Flex como para o SFCoke.


8 Atualização, reenvio de descarga e troca de rota

Utilizando tanto o modo de conexão wi-fi, como GPRS foram realizadas sucessivas atualizações no sistema, simulando a obtenção de uma carga em uma versão mais atualizada em relação ao sistema. O módulo de reenvio de descarga também foi realizado com sucesso. Para o módulo de troca de rotas os testes também foram realizados com sucesso.

Os testes descritos foram realizados tanto para o Landix Flex como para o SFCoke.

9 Teste de exibição de imagens

Utilizando o sistema Landix Flex foram utilizadas algumas imagens para visualização no sistema. Utilizando o software OIM – organizador de imagens foram buscadas as pastas na formatação hexadecimal. Depois estas pastas foram copiadas para a memória interna do aparelho dentro da pasta Landix/imagens. As imagens foram visualizadas com sucesso utilizando o força de vendas.


Observações

1 Nos testes utilizamos apenas a memória interna do aparelho. Portanto não foi utilizado nenhum tipo de cartão SD.
2 O Touch do aparelho é bem inferior que os aparelhos Motorola MC65 e MC55, ambos já homologados pela landix sistemas. Utilizando o aparelho durante alguns dias, percebemos que o touch do mesmo não oferece tanta precisão para o vendedor, e também é um pouco duro. Para selecionar algum programa, por exemplo, o usuário deve pressionar o ícone precisamente.
3 Utilizando os sistemas Landix Flex/SFCoke com o acelerômetro ligado, não interferiu em nenhuma função como buscar carga ou realizar descarga, no entanto o sistema quando é rotacionado pode ocultar alguma parte da tela, quando volta a rotação normal o sistema é auto-ajustado. É importante deixar claro que recomendamos o uso do sistema com o acelerômetro desligado.
4 O aparelho apresentou algumas limitações quando carregamos uma carga com vários produtos.

Carreguei o aparelho com uma carga que tinha aproximadamente 30 mil produtos, e depois tentei buscar todos os produtos sem utilizar nenhum filtro. O sistema deu a mensagem indicando a falta de memória para terminar a listagem dos produtos, abortando a aplicação. Sabemos que não são todos os clientes que vão trabalhar com milhares de produtos, mas é importante deixar claro que o aparelho MC45 apresenta algumas limitações como a baixa quantidade de memória RAM disponível.

5 Uma das principais qualidades do aparelho são as características físicas do mesmo, como tamanho e massa("peso"). O aparelho adequa-se perfeitamente na mão do usuário, e também não incomoda pois é bastante leve se comparado com outros aparelhos robustos.
6 A bateria do aparelho Motorola MC45 apresentou um bom rendimento. Durante os testes trabalhamos na maioria do tempo sem que o aparelho estivesse carregando. No geral a bateria dos aparelhos robustos da Motorola são bastante eficientes, com base nas outras homologações em aparelhos similares.
7 O leitor de código de barras do Motorola MC45 é um pouco inferior se comparado com o leitor de código de barras do MC65. As maiores diferenças que foram observadas nos testes são com relação à precisão e distância que o mesmo consegue ler os códigos. Para o MC45 é necessário que o usuário esteja bem próximo do produto e posicione o leitor junto com o código de barras. De um

modo geral o leitor de código de barras do MC45 é bom.

8 Com relação à desempenho, o uso do aparelho não é recomendado para tarefas que exigem alto processamento. No entanto para atividades comuns como a utilização do sistema Landix Flex/SFCoke o mesmo apresentou um bom rendimento.
Uma qualidade do aparelho é que o mesmo oferece o teclado manual e virtual. Muitas pessoas não conseguem digitarcom facilidade pelo teclado virtual. O teclado manual do mesmo as teclas são bem visíveis e espaçadas o que facilita a digitação.



Conclusões

1 De acordo com os testes realizados pela Landix o aparelho Motorola MC65 está preparado para utilizar o sistema de vendas Landix Flex Vertical e o Sistema Condomínio SFCoke. Portanto o aparelho é considerado elegível.
´




Img-rodape-transparente.png